[Poesia] Plot twist

Mais uma de minhas tentativas falhas de poesia hahaha

Plot twist

Oh! Vento frio vespertino

Inesperado neste dia de verão

Por minha janela passa ladino

Sem a minha permissão

Qual brisa noturna, sussurrante

Aos meus pelos todos arrepio trás

Com seu toque suave de amante

Oh! plot twist! – murmura com voz sagaz:

Poeta tu não és, tolo sonhador

Larga a pena e deixa de enrolação

E respondo, a voz em furor

Oh! vento maroto e gozador

Em vez de me trazer críticas

Me sopre a inspiração!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s