Cadê as mulheres na literatura fantástica brasileira?

Camila Fernandes

Estão bem debaixo do seu nariz, colega!

Toda vez que algum grande site, podcast, evento, etc. resolve falar de literatura fantástica brasileira, chama sempre os mesmos autores e entendidos. Estas pessoas quase sempre são homens (nem vou afirmar que são brancos e heterossexuais, pois não tenho todos esses detalhes).

Aí, sempre tem alguém que pergunta “mas e as mulheres?”, e alguém que responde “ah, tem a Carolina Munhóz”, e alguém que diz “é, mas só ela, né?”.

Não, gente. NÃO.

Além da Carolina, há muitas escritoras brasileiras de fantasia. MUITAS. Com obras variadas, que vão do infanto-juvenil ao terror, do realismo mágico à ficção científica hard, passando por contos de fadas, YA, romance sobrenatural, distopia, steampunk, new weird, etc.

Para citar só aquelas das quais já li um livro ou, pelo menos, um conto em coletânea ou site:

Cristina LasaitisNikelen WitterGeorgette SilenAna Lúcia Merege

Ver o post original 928 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s