12 livros para 2017

Olá, pessoal! Este é provavelmente a última postagem do ano, e como tal, gostaria de fazer algo especial. Vi muita gente por aí em blogs e vlogs fazendo listas de leituras para o ano que entra. Resolvi aderir à brincadeira. E vou responder a uma tag específica, qual seja, um livro para cada mês.

Bem, a lista segue logo abaixo. Antes, algumas observações: não necessariamente eu vou cumprir essa meta, mas acho que vai dar. Estou prevendo um ano mais calmo, agora que passei nos exames de doutorado e estou prestes a terminar de escrever meu livro. Segundo, não necessariamente eu lerei na ordem apresentada, porque, sabe como é, às vezes a gente quer simplesmente passar um livro na frente. Terceiro, estes não são os únicos que pretendo ler ano que vem, mas falemos disso no final. Quarto: todos estes são livros que eu já comprei e estou devendo ler. Quinto: sim, a lista tem muitos livros de fantasia\ficção científica, talvez pelo ponto quatro. Mas também porque, como autor de fantasia, esse é o tipo de livro que devo focar, pelo menos por enquanto. Mas tentei diversificar o máximo que pude. E tentei intercalar livros nacionais e estrangeiros.

Obs.: Não farei lista de melhores ou piores do ano. Não agora. Para isso, existe a tag Oscar Literário. Ou seja, em fevereiro teremos esta lista. Confira como foi a tag este ano aqui.

Sem mais delongas, eis a lista:

Janeiro

Hellraiser – Renascido do inferno, de Clive Barker

Como em janeiro eu ainda pretendo terminar de ler A mão esquerda da escuridão e não tenho ideia de como vai ser minha rotina, resolvi começar com um livro pequeno. Nunca li nada do gênero, nem vi ou sou fã dos filmes, mas por isso mesmo acho uma boa começar o ano por este.

Fevereiro

O castelo das águias, de Ana Lúcia Merege

A Ana é uma pessoa super gente boa que tive o prazer de conhecer pessoalmente na Bienal do Livro do Rio de Janeiro e me sinto até envergonhado de não ter li seus livros ainda. Bem, na verdade, eu li tipo um quarto de A ilha dos ossos, mas parei depois que descobri que esse é o volume dois da série (sim, leseira minha, podem rir). Ano que vem remediarei meus erros, e começarei pelo primeiro da série.

Finalmente conheci essa autora super simpática #bienalrio #bienaldolivro #livro

A post shared by Renan Santos (@renanmath7) on

Março

O nome do vento, de Patrick Rothfuss

Eis uma série que (quase) todo mundo fala muito bem e estou muito curioso para ler. Março será o mês para isso.

Abril

O homem de azul e púrpura, de Vilson Gonçalves

Vilson é um sujeito muito bacana e, assim como no caso da Ana, envergonho-me de ainda não ter lido sua obra. Perdoe-me, amigo, o ano de 2016 foi tenso.

Maio

Neuromancer, de William Gibson

Como quero começar a enveredar por caminhos cyberpunk, nada melhor que ler este clássico. A única coisa que li do gênero foi Brasil cyberpunk 2115.

Junho

A lição de anatomia do temível Dr. Louison, de Enéias Tavares

Também gostaria de começar a trilhar a estrada do steampunk. E tem esta obra de autor nacional, que é bastante aclamada pelo público. Tenho certeza que não irei me decepcionar.

Julho

Ardil 22, de Joseph Heller

A primeira vez que vi esta obra foi na série Lost, no episódio Catch-22, o décimo sétimo da terceira temporada. Desde então, fiquei curioso por este livro. Este é o ano de matar a curiosidade.

losts3ep17_05-catch-22
Edição brasileira de Catch-22, encontrado por um dos losties, no episódio homônimo.

Agosto

Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto

Eu já li quase metade deste livro, mas parei, por algum motivo. Vou ter que recomeçar, mas até onde li, gostei. Ademais, preciso ler mais clássicos, tanto nacionais quanto estrangeiros.

Setembro

Deuses Americanos, de Neil Gaiman

Não poderia faltar Neil Gaiman nesta lista. Já era fã deste cara antes mesmos de ler qualquer coisa dele, pelo pouco que me falavam de Sandman. Aliás, pretendo ler as HQ do senhor dos sonhos este ano. Já tenho Sandman absoluto volume 1 e Morte absoluto volume 1. Ou seja, vai ter muito Neil Gaiman em 2017.

Outubro

A tristeza extraordinária do leopardo-das-neves, de Joca Terron

Este foi um livro que eu nunca tinha ouvido falar antes até que ele veio como um extra numa encomenda da Amazon, junto com outros livros que eu tinha comprado. Como eu sei que a política de devoluções com a Amazon é meio louca, resolvi ficar. Minha ideia é lê-lo, depois passar adiante, ou talvez sortear no blog. Veremos isso no futuro.

Novembro

Cem anos de solidão, de Gabriel Garcia Marquez

Outro daqueles clássicos que você sente vergonha de nunca ter lido. Deste ano não passa.

Dezembro

Madame Bovary, de Gustave Flaubert

Outro clássico. Já li, tipo, quinze páginas deste livro, mas não da edição que eu tenho. Uma colega da faculdade estava lendo, aí, durante uma pausa dela, eu peguei e li. Pretendo terminar o que comecei. Ou recomeçar, pois não lembro de nada.

É isso. Como eu falei, este não são os únicos que pretendo ler em 2017, mas a lista é uma boa base. Pretendo ler ainda Capital revelada, do Atlas Moniz, Sete dias de Lázaro, da Luana Minéia, as HQ’s do Sandman (como já mencionei antes). Tenho que terminar O rei de amarelo, que parei no meio. Sem falar nos dois últimos livros da saga Harry Potter (sim, eu não os li ainda, me julguem). Há ainda aquela velha esperança de que saia Os ventos do inverno em 2017, e, se sair, mano, eu paro tudo e devoro este livro. Sem falar em contos, HQ’s e mangás. Ah, e estamos esperando sair A galeria creta em 2017, ouviu, senhora Jana Bianchi?

Claro, vai ter resenha de todos eles.

Ficamos por aqui. Boas festas para vocês. E lembrem-se: usem filtro solar. Até próximo ano.

Anúncios

5 comentários sobre “12 livros para 2017

  1. Ooooorraa, quando comecei a ler pensei “nossa, é uma ótima lista, vou comentar” e quando cheguei no fim, maior puxão de orelha em mim! Hahaha… Mas cê tá certo! 😛 Eu quero MUITO que algo da Galeria saia em 2017, vou trabalhar LOUCAMENTE pra que isso aconteça! É muito bom saber que você tá esperando… 🙂
    Ah, e ótima lista hahahaha (P.S.: Digo o mesmo sobre Winds of Winter e digo mais: provavelmente você vai ler também O Temor do Sábio e vai parar tudo pra ler The Doors of Stone hahaha)

    Curtido por 1 pessoa

  2. Vou reforçar as recomendações de O nome do vento e A Lição de Anatomia, dois livros que estão entre os favoritos. E também estou devendo a leitura de O Castelo das Águias, que tenho há um bom tempo, haha.

    2017 também vai ser para mim um ano para ler os livros (tanto físicos quanto e-books) que estou acumulando desde 2015. E claro que vou parar tudo que estou fazendo para ler Os Ventos do Inverno e As Portas de Pedra (ou qualquer coisa do Brandon Sanderson) caso sejam publicados por aqui!

    E também estou no aguardo de algo da Galeria Creta em 2017!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s