[Resenha] Araruama: o livro das sementes

Obra: Araruama: o livro das sementes

Autor: Ian Fraser

Editora: Moinhos

Gênero: Fantasia

Número de páginas: 242

 

araruama

 

Esse é outro livro que se destaca pela construção de mundo. O universo criado por Ian é inspirado em diversas culturas indígenas da América, e eu acho essa ideia totalmente válida. Assim como falei na resenha de O homem de azul e púrpura, é um tipo de abordagem necessária, e que se destaca pela originalidade, e pela iniciativa do autor de escrever em um universo fora do padrão Europa medieval.

Achei legal que é um mundo muito jovem que está amadurecendo, digamos assim. Ele ainda está em formação, a cultura está mutando, as pessoas estão mudando, coisas estão sendo inventadas, novas ameaças estão surgindo, novas coisas que antes não tinham nome estão sendo nomeadas. Por isso mesmo que o subtítulo da obra é O livro das sementes. É um mundo que ainda florescerá. Ou, como está escrito na sinopse: essa é uma história de quando o mundo ainda era cru. Continuar lendo

Anúncios

[Resenha] Ordem Vermelha

Obra: Ordem Vermelha: Filhos da Degradação

Autor: Felipe Castilho

Editora: Intrínsica

Gênero: Fantasia sombria

Número de páginas: 448

 

ordem vermelha

Essa obra é foda, mas com ressalvas. Ordem Vermelha é a prova de que literatura fantástica pode (e deve) ser relevante. É a prova de que temas atuais e necessários podem (e devem) ser trabalhados dentro de uma trama de fantasia. Até porque, o gênero fantástico é perfeito para servir de metáforas\analogias\simbolismos do mundo real. É exatamente isso que Felipe Castilho faz em sua obra. Mas é preciso deixar bem claro que ele comete alguns deslizes. Continuar lendo

[TAG] Oscar Literário: Vencedores

A espera acabou. É chegada a hora de anunciarmos os vencedores da terceira edição do Oscar Literário do blog Ponto de Acumulação. Se você perdeu o anúncio dos indicados, confira a lista aqui. E agora sem mais delongas: and the Oscar goes to…

MELHOR WORLDBUILDING

O homem de azul e púrpura

quatrocantos
Ilustração do próprio autor Vilson Gonçalves, representado um dos povos de Quatrocantos

O livro do Vilson tem alguns problemas de trama e ritmo. Porém, o mundo criado pelo autor é magnífico. É um mundo rico, cheio de detalhes, muito bem pensado. Mas o aspecto mais interessante é que é um universo baseado na culturas pré-colombianas. Poucos livros de fantasia focam nessa temática. Por esses motivos ele vence nessa categoria.

EDIÇÃO MAIS BONITA

Rubra – A guerreira carmesim

rubra

A edição desse livro é primorosa. Capa belíssima e uma diagramação caprichada, cheia de detalhes. Leva essa com louvor.

MELHOR CONTO DE AUTOR NACIONAL Continuar lendo

Oscar Literário | Entrevista: Thiago Lee

O segundo indicado ao Oscar Literário de Melhor Autor Nacional entrevistado esta semana é o Thiago Lee. Confiram a entrevista.

thiagolee

Para começar, apresente-se aos leitores. Fale um pouco sobre você.

Olá a todos, sou o Thiago Lee, escritor de ficção, sergipano, podcaster e trouxa, não necessariamente nessa ordem. Comecei a investir na carreira de escritor em 2014 depois de postar uns contos de terror num fórum especializado e receber vários elogios. A partir daí, publiquei vários outros contos e fui finalista do prêmio Brasil em Prosa da Amazon em 2015. Publiquei Réquiem para a Liberdade em 2016 e daí pra frente foi um caminho sem volta. Sou host do podcast Curta Ficção juntamente com a Jana Bianchi e o Rodrigo Assis Mesquita, e em 2018 publicarei meu segundo romance através de um edital da Prefeitura de São Paulo, um realismo fantástico cujo título provisório é O Homem Vazio. Continuar lendo

Oscar Literário | Entrevista: Ana Lúcia Merege

Olá, pessoal. Para quem ainda não viu, está rolando a terceira edição do Oscar Literário aqui no blog. Assim como na edição do ano passado, resolvi fazer entrevistas com os indicados na categoria Melhor Autor Nacional. Hoje, com vocês, a querida Ana Lúcia Merege.

AnaNiver49

Para começar, apresente-se aos leitores. Fale um pouco sobre você.

Sou carioca, estou chegando aos 50. Quando criança queria ser arqueóloga, mas a paixão pelos livros falou mais alto e em mais de um sentido: tornei-me escritora, contadora de histórias, pesquisadora e bibliotecária. Continuar lendo

[Resenha] Deixe as estrelas falarem

Olá, pessoal! Hoje trago outra resenha de autor nacional.

 

Obra: Deixe as estrelas falarem

Autor: Lady Sybylla

Editora: publicação independente (disponível na Amazon)

Gênero: Ficção científica / space opera

Número de páginas: 133

Sinopse:

Rosa não vê a hora de voltar para sua nave, o cargueiro independente Amaterasu. Reúne sua tripulação, mas se vê em uma situação desesperadora quando se percebe sem dinheiro, com a nave ancorada em um espaço-porto. Eis que um contrabando misterioso surge e uma oportunidade rara de fazer muito dinheiro em pouco tempo. Mas o trabalho não virá sem consequências para Rosa e sua tripulação.

 

estrelas

 

Lady Sybylla nos presenteia com uma história simples, porém cativante. É até um pouco diferente. Não temos aqui uma nave de batalha comandada por um capitão heroico enfrentando uma guerra épica. Não, aqui as coisas são em escalar menor: temos uma simples nave de carga, comandada por uma capitã bastante humana, enfrentando um conflito bem pessoal. Isso de modo algum tira mérito da história, muito pelo contrário. Continuar lendo

[TAG] Oscar Literário 2018: Indicados

Em 2016 rolou aqui no blog a primeira edição do Oscar Literário. É uma tag maneira que vi no blog Sem Serifa. A ideia é homenagear os livros lidos ano passado e escolhermos as melhores leituras através de um concurso estilo Oscar.

As regras originais são:

– Fazer entre 3 e 5 indicações em cada categoria (mas às vezes eu indico 6 kkkkk);

– Indicar apenas livros que você leu no ano passado;

– Criar um post para as indicações e, depois de algum tempo (de preferência, na semana do Oscar), um post para a premiação.

Vi pela blogosfera muita gente fazendo a tag, mas não necessariamente a criada pelo Sem Serifa. Até as categorias eram diferentes. Aqui também tomei a liberdade de alterar algumas categorias.

Eis os indicados desse ano. Continuar lendo