[Conto] O Devorador de Mentes

Este texto faz parte de um projeto que talvez se torne um livro algum dia. Ou talvez fique apenas no conto mesmo. Ainda não sei. Mas o conto está aqui. É um terror psicológico, mas bem leve. Espero que gostem.

O DEVORADOR DE MENTES

Primeiro ato: A lembrança

Por Renan Santos

Silêncio. Estática. Ruído. Escuridão. Medo.

***

A porra daquele porão era terrivelmente frio e escuro. Lara não se incomodava muito com o escuro. Era a porra do frio que não suportava. Era glacial. Cortante. Horripilante. Infernal.
Ela tremia, em parte por causa do frio, mas não era exatamente apenas isso. O frio era parte da tortura, mas não a pior parte, ela sabia. Isso é o que lhe causava calafrios: ela sabia que a coisa estava apenas começando e que sempre pode piorar. O maldito sempre sabia como tornar a situação pior.
Muito pior.

É preciso deixar bem claro que não era do escuro que ela tinha medo. Não, não era isso. A escuridão apenas tornava a sensação mais palpável. Mais real. Mas a escuridão em si não era nada. Perdera o medo do escuro antes mesmo dos dez anos. Ao contrário da maioria das crianças, ela se convenceu de que não existem monstros no escuro, a não ser o Medo. Este é o único monstro que realmente existe, e ele é terrível. Isso é o que Lara costumava acreditar.
Quando compreendeu melhor o mundo, a garota percebeu que o Medo não é de fato o único mostro. Existem outros; alguns bem reais. Os Humanos são os piores, mas mesmo os estes temem e veneram o Medo, pois ele é o Pai de todos eles. O mais antigo monstro que a humanidade conhece.
O fato é que Lara estava com medo, não do escuro, como já frisei, mas de si mesma. Por que ela descobriu que existe um monstro mais terrível que o Medo.
Ele atende pelo nome de Loucura. Continuar lendo

Anúncios

Título para a antologia do SI&F

Olá, pessoal!

Como devem saber (ou não?) estou ajudando a organizar uma antologia idealizada pela Laís Manfrini do blog Sonhos, Imaginação & Fantasia. Já temos os textos selecionados, só falta agora decidirmos o título. Ajude-nos a escolher neste link. Em breve estaremos publicando a antologia. Este humilde autor que horas vos fala irá estar lá, com um conto chamado “O Devorador de Mentes”.

Até mais!

Camp NaNoWriMo – Estarei lá

Olá, pessoal! Então, para quem não sabe eu participei da edição de 2014 do NaNoWriMo. Como eu já expliquei aqui, o National Novel Writing Month é uma espécie de projeto que busca incentivar escritores iniciantes a escreverem suas obras. Todo ano, durante o mês de novembro, os participantes são desafiados a escrever um esboço de livro com no mínimo 50 mil palavras. Isso mesmo, 50 mil palavras. Um desafio e tanto. São pouco mais de 1.600 palavras por dia, todos os 30 dias do evento. O objetivo não é competir para ver quem escrever mais ou melhor. É mais um desafio pessoal, de atingir a meta das 50 mil palavras. Continuar lendo